Bateleur

PT | ENG

NOTícias

correiodopovo.com.br

04/05/20 Por bateleur

Leandro Pawlak, executivo da área internacional da Falconi, é o novo sócio da Bateleur

O executivo que já atuou em 15 países vai coordenar a área de Estruturação Estratégico – Operacional


Com uma década de experiência à frente de projetos de consultoria na Falconi, quando atuou em 15 países, o engenheiro de produção Leandro Pawlak é o novo sócio da Bateleur, onde coordenará a área de Estruturação Estratégica – Operacional. Pawlak trabalhou em segmentos, como indústria, varejo e bancos.

A Bateleur já vinha conversando com Pawlak desde dezembro passado, quando planejou a nova área de atuação, originalmente dedicada ao desenvolvimento de grandes projetos de transformação em grupos empresariais de maior porte, segmento da grande maioria dos clientes da consultoria. “Identificamos a necessidade de dedicarmos uma equipe específica para conduzir projetos de estruturação e de implementação estratégica ou operacional de alta complexidade, pois a demanda vinha aumentando muito, em particular porque as grandes corporações experimentam constantes necessidades de adaptações, oriundas de suas particularidades setoriais e concorrenciais, das inovações tecnológicas ou por conta de transações que as envolvam no mercado de capitais”, explica o CEO da Bateleur, Fernando Marchet.

As conversas com Pawlak não poderiam ter se dado em momento mais oportuno. Com a disseminação da Covid-19, adicionou-se ao rol de razões pelas quais as grandes companhias tomavam a iniciativa de ingressar em significativos processos de mudanças estruturais, a necessidade de se adaptar às mudanças exigidas pelo distanciamento social, com reflexos econômicos e nos modelos de negócio. “Entendemos que seria o momento certo de fazer este movimento, que, para mim, significou voltar para o Brasil depois de uma longa temporada na Europa, onde coordenei projetos em 13 países do continente, e ingressar como sócio e responsável por coordenar uma área dedicada a projetos em grandes companhias”, afirma Pawlak, no Brasil desde a segunda quinzena de março, quando cumpriu quarentena antes de assumir o posto na Bateleur em abril. “Este é um momento em que nenhuma empresa poderá deixar de enfrentar o desafio de olhar estruturalmente para dentro e construir os drivers que possam torná-la vencedora no ambiente de mudanças importantes que viveremos no pós-pandemia”, defende o executivo.

Leandro_Bateleur

Leandro_Bateleur
voltar